O município tem um pouco mais de 10 mil habitantes e é resultado da junção de dois distritos da cidade de Soledade, Santo Antônio, que passou anos mais tarde a ser chamado de Seridó, e o povoado de Chico que passou a ser chamado de São Vicente. Em 22 de Dezembro de 1961, Seridó é elevado à categoria de município e em 9 de Janeiro de 1968, o distrito de São Vicente vira sede do município, passando a se chamar São Vicente do Seridó. O desenvolvimento do município, a partir desses dois povoados foi decorrente da produção de algodão, atraindo muita gente pela oferta de trabalho, ocasionando a construção de casas residenciais e comerciais.

Carlos Alberto de Farias
José Ademar Correia Lopes

Manoel Alice Ferreira