Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste

A Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste surgiu em 2011, a partir da necessidade de inovação no cenário musical e de oficinas de acordeon ministradas pelo mestre Basto, promovidas pela Associação Cultural Balaio Nordeste em parceria com a Fundação Cultural de João Pessoa (FUNJOPE). Trata-se de um ente sem personalidade jurídica que tem o intuito de preservar, valorizar e promover a música regional, particularmente, a paraibana, com ações administrativas exercidas pela Associação Cultural Balaio Nordeste e a execução musical coordenada pelo maestro escolhido pelo Conselho Diretor.

 

 Atualmente, a Orquestra Sanfônica é composta por músicos experientes como o maestro Lucílio da Silva Souza, jovens profissionais formados na Escola de Música Mestre Dominguinhos e alunos e professores da Universidade Federal da Paraíba. 

 

Possui um repertório que traz o legado dos grandes artistas paraibanos, com arranjos próprios e criatividade A Orquestra Sanfônica transmite às novas gerações o legado da música popular nordestina enaltecendo a identidade cultural do povo nordestino através de seus valores, memória, tradição e personagens. Se inspira em produções de personalidades da música nordestina e brasileira, entre elas: Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Dominguinhos. 

 

A Orquestra é mantida pela Balaio Nordeste através de projetos e das contribuições de seus associados. A partir de um trabalho sério e comprometido com as raízes, esse projeto vem se consolidando no mercado da música, tendo feito apresentações por todo o Brasil. Além disso, participa de projetos que incentivam a música regional, firmando parcerias nas produções de composições musicais, se constituindo assim como um dos produtos culturais mais genuínos e expressivos da música nordestina. 

 

Com doze anos de atividade, o público sempre participa dos shows, cantando e se emocionando, dada a originalidade do seu trabalho. O grupo possui um rico currículo, tendo estado presente no São João de Campina Grande, em festas juninas da Bahia, Alagoas, no festival cênico Janeiro de Grandes Espetáculos, no Recife e em programas televisivos como “Encontro com Fátima Bernardes” da TV Globo. 

 

Com o intuito de deixar um legado musical, a Orquestra gravou dois DVDs. O primeiro lançado em 2014 foi fruto de um concerto gravado no Lajedo de Pai Mateus, no município de Cabaceiras, no Cariri Paraibano. Nesse trabalho, há participações especiais dos músicos Pinto do Acordeon, Luizinho Calixto, Beto Brito, Biliu de Campina e Sandra Belê. Em junho de 2017, repetiu a dose, agora no Teatro Santa Roza, em João Pessoa, gravando o DVD “Orquestra Sanfônica em Ritmos de Nordeste” com a participação de artistas renomados como Irah Caldeira, Pinto do Acordeon, Cezzinha e Silvério Pessoa. 

 

Em 2015, a Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste rompeu as fronteiras do Brasil e se apresentou no maior festival de acordeon da França, o “Le Printemps des Bretelles”, mostrando para o mundo a cultura e musicalidade do Nordeste com um repertório que foi do forró ao xote, passando pelo baião, coco, ciranda e o frevo. 

 

Com o sucesso obtido, retornou em 2016 como convidada de honra para se apresentar em Illkirch-Graffenstaden, onde acontece o festival. Além disso, a Orquestra foi contemplada pelo programa Ibermúsicas e viajou para o Peru em 2017, onde se apresentou no festival FESTIFOLCOR, em Arequipa. 

 

A Orquestra é um importante projeto que surgiu na Balaio Nordeste e que hoje busca através da música popular nordestina preservar e divulgar a nossa cultura, no Brasil e no mundo. 

 

Para mais informações consultar as plataformas digitais da Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste a seguir: 

 

Facebook: https://www.facebook.com/orquestrasanfonicabn

Instagram: https://www.instagram.com/orquestra.balaionordeste 

Site: https://orquestrasanfonicabn.com